salvaialmas


Escada do Céu - 2007
  • Voltar






19/09/2007
Comentários ao segundo dia
O dia foi conduzido pelos filhos de Canelinha, Nova Trento, São João Batista e Tijucas



    Segundo dia  -  Além das localidades mencionadas anteriormente, também se fizeram presentes hoje, filhos de Nova Trento (SC), Osasco (SP) e São João Batista (SC).

O dia foi conduzido pelos filhos de Canelinha, Nova Trento, São João Batista e Tijucas, e iniciou com a Santa Missa no Lar Maria da Paz, em Tijucas, às 7,30 horas. Às 9,00 horas iniciaram-se as orações na Capela Nossa Senhora de Sion, com as Quinze Orações de Santa Brígida, e, em seguida diversas orações, bênçãos e orações individuais com Sr. Sálvio, que sempre acompanha nossa caminhada se fazendo presente em todos os nossos eventos, acompanhado de sua esposa Esperança e suas cunhadas, Anselma, Fêde, e Ana.
            Durante todo o dia não cessaram as orações e o atendimento individual para aconselhamento e orientação espiritual, com Cláudio.
O dia foi dedicado às Almas do Purgatório, como acontece neste local, todas as Segundas Feiras.
A animação dos cantos e músicas estava a cargo do Valmir, de São José (SC), e da Dra. Lourdes, de Tijucas (SC) e todo o povo acompanhava com muito entusiasmo e muito amor. A força do amor, fazia vibrar os corações, formando ali também, um ambiente divino!
 As leituras do dia:
Primeira Leitura: Carta aos Colossenses, 1, 24-2,3, com Rute, de Tijucas.
Salmo 61, 6-7,9, cantado pela Dra, Lourdes, de Tijucas e seu violão.
Evangelho: São Lucas, 6,6-11, pela Sra. Lourdes Visentainer, de Tijucas.
A Palavra foi dirigida por Norma, que abordou os temas: Indulgências e um pouco sobre a historia de Santa Filomena.
Ficou clara a importância das indulgências na vida de cada um: são tesouros que a Santa Igreja oferece e que devemos aproveitar, pois estão à nossa mão. Para adquiri-las é necessário estar em Estado de Graça, pois as Indulgências, não apagam os pecados, e sim, as penas devidas pelos pecados.
Sobre Santa Filomena: nos dias 10 de cada mês, fazemos aqui a Vigília de Santa Filomena. Esta devoção foi trazida para cá, por causa de uma grande graça alcançada por nós, após termos participado desta vigília em São Paulo, na Igreja São Geraldo.
Santa Filomena foi martirizada por ter defendido sua pureza, quando tinha 13 anos de idade e sua história é realmente emocionante.
E Norma continua:
Aqui também já houve muitas graças: curas, situações financeiras, situações de desordens nos lares, libertações, enfim, uma infinidade de graças.
E Norma enumerou algumas. Entre muitas, há uma que marcou muito:
( ... ) de São Paulo, veio de lá trazida por amigos, no dia 25 de Fevereiro de 2004 e entrou nesta Capela nos braços destes amigos, pois não podia caminhar, devido a problemas de bactérias que destruíam os tecidos e nervos de seu quadris, e isto há 20 anos! Um Padre, ( ... ) orientou-a que viesse até Porto Belo, para aqui receber uma bênção e a cura.
Ensinamos a rezar a Novena de Santa Filomena e lhe apresentamos o cordão. No dia 18 de Outubro de 2004, esta senhora nos visitou: veio de São Paulo, dirigindo seu veículo, completamente curada. O cordão que havia levado estava agora todo tomado por nós... O mantemos guardado aqui....
Trata-se de um cordão comum, de fios de algodão, vermelho e branco, cores que simbolizam o martírio e a pureza da Santa, com dois nós em uma das pontas, simbolizando também o martírio e a pureza, e três nós na outra ponta, simbolizando a Santíssima trindade. Tais nós são feitos no cordão, que mede 1 metro de comprimento. Quando se pede graças, outros nós são feitos... por Deus! E assim, temos aqui guardados muitos cordões que são testemunhos de milagres e graças.
Após a apresentação da Norma, rezou-se a Novena, que se estendeu até às 23 horas, com a participação ativa de todos os presentes.
O Primeiro degrau da Escada foi decorado pelos filhos da região que hoje conduziu as orações.
Em sua Aparição, Nossa Mamãe que trajava uma veste branca com um cinto vermelho à cintura, falou sobre a necessidade de voltarmos a cultivar a devoção à castidade. Castidade NUNCA deixou de ser pecado, mas as pessoas esqueceram-se disso. É necessário ensinar os jovens: o mundo mergulhou no caos do sexo e isto passou a ser tratado como normal. Nossa Senhora lembrou a castidade de Santa Filomena e a menina Albertina Berckembrock, de 11 anos, catarinense que será canonizada em Outubro: ambas defenderam com a morte a castidade e hoje são SANTAS, merecendo o louvor e a honra dos altares.
Nossa Senhora abençoou a todos, dizendo do seu amor a cada um! Amém!
Cláudio
 
 
 
 
 




MISSÃO SALVAI ALMAS
Cláudio Heckert, Confidente de Nossa Senhora, residente em Porto Belo, SC
Rua Maria Ramos Guerreiro 104, Vila Nova - CEP 88.210-000

Site: Missão Salvai Almas
Facebook:http://www.facebook.com/salvaialmasoficial
Youtube:http://www.youtube.com/user/SalvaiAlmasOficial
Apoio: Rádio e TV Auxiliadora


Artigo Visto: 3560

ATENÇÃO! Todos os artigos deste site são de livre cópia e divulgação desde que sempre sejam citados a fonte www.salvaialmas.com.br