salvaialmas


Catecismo da Igreja Católica
  • Voltar






15/01/2013
Compêndio do C.I.C.- 415 a 428
A Lei e a Graça - A Lei Moral




415. O que é a lei moral?

A lei moral é obra da Sabedoria divina.  Prescreve ao homem os caminhos, as normas de conduta que levam à bem-aventurança prometida e estabelecem os caminhos que afastam de Deus. 1950-1953 1975-1978

 416. Em que consiste a lei moral natural?

A lei natural, inscrita pelo Criador no coração de todo homem, consiste numa participação da sabedoria e da bondade de Deus e exprime o sentido moral originário, que permite ao homem discernir, por meio da razão, o bem e o mal. Ela é universal e imutável e proporciona a base dos deveres e dos direitos fundamentais da pessoa, bem como da comunidade humana e da própria lei civil. 1954-1960 1978-1979

 417. Essa lei é percebida por todos?

Por causa do pecado, a lei natural nem sempre e nem por todos é percebida igualmente de modo claro e imediato. 1960

 Por isso Deus "escreveu nas tábuas da Lei o que os homens não conseguiam ler em seus corações"  (Santo Agostinho).

 418. Qual é a relação entre a lei natural e a Lei antiga?

A Lei antiga é o primeiro estágio da Lei revelada. Ela exprime muitas verdades que são naturalmente acessíveis à razão e que se encontram assim afirmadas e autenticadas nas Alianças da salvação. As suas prescrições morais, que se resumem nos Dez Mandamentos do Decálogo, assentam as bases da vocação do homem, proíbem o que é contrário ao amor de Deus e do próximo e prescrevem o que lhe é essencial. 1961-1962 1980

 419. Como se situa a Lei antiga no plano da salvação?

A Lei antiga permite conhecer muitas verdades acessíveis à razão, indica o que se deve ou não se deve fazer e, sobretudo, como faz um sábio pedagogo, prepara e dispõe à conversão e ao acolhimento do Evangelho. Todavia, mesmo sendo santa, espiritual e boa, a Lei antiga é ainda imperfeita, pois não dá por si mesma a força e a graça do Espírito para observá-la. 1963-1964 1982

 420. O que é a nova Lei ou Lei evangélica?

A nova Lei ou Lei evangélica, proclamada e realizada por Cristo, é a plenitude e o cumprimento da Lei divina, natural e revelada. Está resumida no mandamento de amar a Deus e ao próximo e de nos amar como Cristo nos amou; é também uma realidade interior ao homem: a graça do Espírito Santo que torna possível esse amor. É a "Lei da liberdade" (Tg 1,25) porque leva a agir espontaneamente sob o impulso do amor. 1965-1972 1983-1985 "A nova lei é principalmente a própria graça do  Espírito Santo, que é dada aos que crêem em Cristo" (Santo Tomás de Aquino).

 

421. Onde se encontra a nova Lei?

A nova Lei encontra-se em toda a vida e pregação de Cristo e na catequese moral dos Apóstolos: o Discurso da Montanha é sua principal expressão. 1971-1974 1986

 

GRAÇA E JUSTIFICAÇÃO

 422. O que é a justificação?

A justificação é a obra por excelência do amor de Deus. É a ação misericordiosa e gratuita de Deus, que cancela os nossos pecados e nos torna justos e santos em todo o nosso ser. Isso acontece por meio da graça do Espírito Santo, que nos foi merecida pela paixão de Cristo e nos é dada no Batismo. A justificação dá início à livre resposta do homem, ou seja, a fé em Cristo e a colaboração com a graça do Espírito Santo. 1987-1995 2017-2020

 423. O que é a graça que justifica?

A graça é o dom gratuito que Deus nos dá para nos tornar participantes da sua vida trinitária e capazes de agir por seu amor. É chamada graça habitual ou santificante ou deificante, porque nos santifica e diviniza. É sobrenatural, porque depende inteiramente da iniciativa gratuita de Deus e supera as capacidades da inteligência e das forças do homem. Escapa, portanto, à nossa experiência. 1996-1998 2005,2021

 424. Que outros tipos de graça existem?

Além da graça habitual, há: as graças atuais (dons circunstanciais); as graças sacramentais (dons próprios de cada sacramento); as graças especiais ou carismas (que têm como fim o bem comum da Igreja), entre os quais as graças de estado (que acompanham o exercício dos ministérios eclesiais e das responsabilidades da vida). 1999-2000 2003-2004 2023-2024

 425. Qual é a relação entre a graça e a liberdade do homem?

A graça antecede, prepara e suscita a livre resposta do homem. Ela responde às profundas aspirações da liberdade humana, convida-a a colaborar e a conduz à sua perfeição. 2001-2002

 426. O que é o mérito?

O mérito é o que dá direito à recompensa por uma ação boa. Em relação a Deus, o homem, de per si, não pode merecer nada, tendo recebido tudo dele gratuitamente. Todavia, Deus lhe dá a possibilidade de adquirir méritos pela união à caridade de Cristo, fonte dos nossos méritos diante de Deus. Os méritos das obras boas devem, por isso, ser atribuídos em primeiro lugar à graça de Deus e depois à livre vontade do homem. 2006-2010 2025-2026

 

 427. Que bens podemos merecer?

Sob a moção do Espírito Santo podemos merecer, para nós mesmos e para os outros, as graças úteis para nos santificar e para chegar à vida eterna, como também os bens temporais a nós convenientes segundo o desígnio de Deus. Ninguém pode merecer a graça primeira, que está na origem da conversão e da justificação. 2010-2011 2027

 428. Somos todos chamados à santidade cristã?

Todos os fiéis são chamados à santidade cristã. Ela é plenitude da vida cristã e perfeição da caridade, realiza-se na união íntima com Cristo e, nele, com a Santíssima Trindade. O caminho de santificação do cristão, depois de ter passado pela cruz, terá seu acabamento na ressurreição final dos justos, na qual Deus será tudo em todas as coisas. 2012-2016 2028-2029




MISSÃO SALVAI ALMAS
Cláudio Heckert, Confidente de Nossa Senhora, residente em Porto Belo, SC
Rua Maria Ramos Guerreiro 104, Vila Nova - CEP 88.210-000

Site: Missão Salvai Almas
Facebook:http://www.facebook.com/salvaialmasoficial
Youtube:http://www.youtube.com/user/SalvaiAlmasOficial
Apoio: Rádio e TV Auxiliadora


Artigo Visto: 2496

ATENÇÃO! Todos os artigos deste site são de livre cópia e divulgação desde que sempre sejam citados a fonte www.salvaialmas.com.br